sexta-feira, 25 de agosto de 2017

VALE AMARGO




VALE AMARGO

lama grossa,lama escura
caudalosa e obscura
a serpente escorrega
pelo vale em plena fúria

sem controle,sem piedade
engole tudo pela frente
mata bicho,mata peixe


mata o verde e mata gente

o destino em desatino
a natureza caída em pranto


os homens incrédulos gemem
fazendo cara de espanto

Ha que ter  culpados da sina
 o desastre é culpa de humanos
porque a  natureza,sábia e perfeita

                 não faz maldade e não causa danos.

                                                                           Maria da Penha Boselli* / 2017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

EU ACREDITO

BRUMADINHO / DESCASO E IMPUNIDADE Posso ser ingênua mas acredito em milagres.Acredito em fadas,duendes,elementais. E acredito ta...